Buscar
  • Perfurarte

Profundidade: como descobrir quantos metros o seu poço artesiano precisa ter

Atualizado: há 7 dias

A profundidade de um poço artesiano é um componente importante para estimar o custo da perfuração, mas varia muito de acordo com a região e com a vazão de água que o cliente espera. Entenda qual profundidade um poço costuma ter em MG e SP e saiba o que esperar de um contrato com uma empresa de perfuração


Se você deseja ter um poço artesiano, mas não tem ideia da profundidade ou do volume de água necessários, não se preocupe: você não está sozinho.


A profundidade de um poço é um componente importante para estimar o custo da perfuração. No entanto, ela varia bastante de acordo com a região em que ele será construído, bem como de acordo com a vazão de água que o cliente espera.


Abaixo, entenda qual profundidade um poço artesiano costuma ter em algumas regiões e saiba o que esperar de um contrato com uma empresa de perfuração.


Qual a profundidade mínima e máxima que um poço artesiano pode ter?


Poços simples de captação freática costumam ter até 20 metros. Vale lembrar que a água encontrada geralmente não é adequada para consumo humano.


Poços semi artesianos costumam ter de 20 a 60 metros. Nestes casos, a água encontrada pode não ser adequada para consumo humano, necessitando de filtros e tratamento.


Já poços artesianos - tanto poços jorrantes, cuja água flui sem necessidade de bomba, quanto poços bastante profundos – possuem mais de 100 metros e captam água de aquíferos, normalmente com excelente qualidade.


De maneira geral, poços artesianos podem ter entre 100 e 2.000 metros, mas raramente ultrapassam 600 metros. A profundidade ideal para o seu poço dependerá das características hidrogeológicas de sua região e do seu consumo diário de água.


Profundidade média de poços artesianos em São Paulo e Minas Gerais


A melhor forma de estimar a profundidade média de um poço é pedir para a empresa de perfuração realizar uma visita técnica ao local onde ele será construído, sem compromisso.


Com as informações locais, que incluem um estudo hidrogeológico da região e dos poços já construídos nas proximidades, o técnico pode estimar em qual profundidade a água provavelmente será encontrada.


Para maior precisão, o cliente também pode contratar um radiestesista ou um geofísico para fazer a locação do poço, ou seja, para determinar o melhor ponto no qual a água pode ser encontrada em maior quantidade e menor profundidade.


Se quiser ter uma ideia do que esperar, dê uma olhada no infográfico abaixo sobre a profundidade média de poços no sul de Minas Gerais e algumas regiões de São Paulo:

Dada a profundidade média dos poços, um contrato padrão pode envolver um poço de 100 metros, com adicional de perfuração se necessário.


É importante ressaltar que as médias aqui indicadas são apenas uma estimativa - a profundidade de um poço em qualquer uma dessas regiões pode ser diferente.


Isso porque a profundidade final de cada poço depende, entre outros fatores, da vazão de água esperada pelo cliente. Se o seu consumo mensal for alto, pode ser necessário perfurar um poço mais profundo até encontrar uma melhor vazão.


Qual a vazão ideal para um poço artesiano?


É bastante difícil estimar a vazão de um poço antes de perfurá-lo.


No entanto, se o seu objetivo é abastecer uma casa ou sítio, uma vazão de 1 a 2m³/h (mil a dois mil litros de água por hora) é geralmente suficiente, e há boas chances de um poço de 100 metros atender essa demanda.


Se você precisa de água para fins agrícolas ou industriais, é mais seguro realizar um estudo a partir de seu consumo atual para definir sua demanda diária e/ou mensal. É importante também avaliar se a água precisa atender algum padrão de qualidade exigido pela indústria.


Se você a utiliza para irrigação, por exemplo, águas mais rasas podem servir. Se a necessidade for doméstica e /ou incluir consumo da água, a perfuração terá que ser mais profunda.


Tem mais dúvidas? Fale conosco ou solicite um orçamento!

LEIA TAMBÉM:


198 visualizações

Endereços

Sede Pouso Alegre: Rua Cel. Brito Filho, 1930/15B. Fátima I. Pouso Alegre/MG

(35) 99722-4138

São Paulo/SP: Avenida Juscelino Kubitschek, 1455. 4º andar. Vila Olímpia

(11) 96369-2837

Telefones:

0800-591-1812

E-mail

contato@perfurarte.com.br

Perfurarte • 2020