Buscar
  • Perfurarte

Saiba como fazer manutenção preventiva de seu poço

Saiba de quanto em quanto tempo é preciso fazer uma limpeza e manutenção preventiva de seu poço artesiano, a fim de garantir o abastecimento


A manutenção preventiva, que inclui limpezas e checagens anuais, serve para aumentar a vida útil do poço artesiano, bem como evitar interrupções no abastecimento.

Se você tem um poço artesiano, provavelmente sabe que é preciso limpá-lo regularmente, bem como checar seus materiais e equipamentos, como tubulação e conjunto de bombeamento.


A ideia é se antecipar a quaisquer problemas e evitar prejuízos financeiros e danos à saúde. Um poço artesiano bem mantido não só tem uma vida útil maior, como é capaz de evitar cortes no abastecimento.


Dessa forma, você diminui bastante as chances de ser pego de surpresa com a falta de água, por exemplo.


Mas qual a frequência correta para se fazer a manutenção preventiva?


Confira dicas para criar uma rotina de manutenção para seu poço e conheça os benefícios das ações programadas e do monitoramento via IoT:


De quanto em quanto tempo devo fazer a limpeza e checagem do meu poço?


Antes de mais nada, é importante apontar que existem dois tipos de manutenção de poços artesianos: a corretiva e a preventiva.


O primeiro tipo ocorre quando um problema é detectado e exige atenção imediata de uma equipe. Pode ser queda da vazão, água suja (com cor, sabor ou odor fortes), presença de materiais sólidos ou mesmo a interrupção total do abastecimento.


Já o segundo tipo é uma ação programada destinada a manter o poço em excelente estado, evitando justamente a necessidade de uma manutenção emergencial – nem sempre você conseguirá atendimento de uma empresa competente de forma rápida.


A frequência correta para se fazer manutenção preventiva dependerá das características de cada poço, mas, de forma, geral, é preciso realizar uma limpeza e checagem pelo menos uma vez por ano.


Poços antigos precisam de mais atenção, afinal, seus equipamentos podem estar desgastados e mais propensos a falhar. Se o seu poço tiver mais de dez anos, pode ser necessário fazer uma manutenção a cada seis meses, por exemplo.


O tipo de solo (formação geológica) na qual o poço foi construído é outro fator que pode exigir checagens mais frequentes. Poços perfurados em camada sedimentar e que possuem filtros ou pré-filtros precisam de limpezas mais frequentes, normalmente.


Peça a ajuda de uma equipe especialista para elaborar o melhor plano de manutenção para o seu poço artesiano, com base no seu perfil construtivo e nas suas necessidades.


Principais vantagens da manutenção programada


Com o tempo, é normal que os materiais que compõe um poço se desgastem, como a tubulação, o revestimento, o conjunto de bombeamento, os filtros, o quadro elétrico etc.


Além disso, a qualidade da água pode se alterar, exigindo acompanhamento regular. A presença de substâncias como minerais é comum e pode causar incrustações nas paredes do poço, comprometendo a vazão e o funcionamento da bomba, por exemplo.


A limpeza anual é uma forma de evitar que a vazão diminua, que a bomba se desgaste mais rapidamente ou falhe, que a tubulação rache, entre outros problemas corriqueiros.


Uma vez que a limpeza exige também a retirada da bomba, a checagem desse equipamento garante ainda o bom funcionamento do poço como um todo.


Vale mencionar que um dos erros mais frequentes durante limpezas e manutenções é derrubar a bomba no fundo do poço, o que pode causar danos a esse item caro, bem como ao sistema de abastecimento como um todo.


O procedimento para sua retirada (chamado de “pescaria”) é demorado e também caro. Por esse e outros motivos, vale a pena contratar uma empresa confiável e experiente para cuidar de seu poço.


Como fazer limpeza e manutenção preventiva


Antes de qualquer intervenção, é importante ter em mãos o relatório construtivo do poço. Se a empresa contratada para a limpeza não for a mesma que construiu o poço, precisará ter acesso a esse relatório.


Se não houver um relatório, é necessário fazer uma perfilagem ótica, ou seja, uma filmagem do interior do poço. Essa filmagem pode oferecer à equipe de manutenção dados que ela encontraria no documento construtivo, como perfil geológico, diâmetro da perfuração, conjunto de bombeamento instalado etc.


Nas manutenções programadas, a equipe irá fazer a retirada da bomba, seguida da limpeza e desinfecção do poço e da checagem de seus componentes. Por fim, a bomba é reinserida e o poço religado.


A limpeza em si pode envolver etapas mecânicos (como o uso de um compressor) e químicas (como uso de produtos biodegradáveis para lavar as paredes do poço), sempre realizadas em conformidade com a profundidade do poço e a composição da água. Saiba mais aqui.


Monitoramento do sistema de abastecimento


Um programa de manutenção preventiva não precisa e nem deve se ater ao agendamento de uma limpeza anual. Pode incluir também verificações de rotina no poço e no quadro elétrico e análises de água periódicas, compatíveis com a intensidade operacional e finalidade do uso da água.


Quanto mais informação e coordenação houver entre a operação do poço e as atividades de manutenção, melhor será o resultado. Uma tecnologia, em especial, pode ser a principal aliada dos proprietários de poços: o monitoramento via IoT.


Com o uso de sensores e softwares, o sistema de abastecimento pode ser monitorado 24 horas por dia de qualquer lugar do mundo.


É possível acompanhar e gerenciar diversos parâmetros hidráulicos, elétricos e de qualidade da água, como nível estático e dinâmico, vazão, nível de água nos reservatórios, tensão dos motores, pH e temperatura, para citar apenas alguns.


Essa tecnologia facilita muito a realização de diagnósticos e a programação de manutenções preventivas. Com os relatórios gerados, você pode fazer avaliações sistemáticas, prever problemas, criar alertas de falhas e até otimizar seu abastecimento (saiba mais aqui).


Especialmente no caso de poços artesianos que abastecem condomínios, prédios corporativos ou indústrias, a manutenção preventiva programada aliada ao monitoramento IoT pode aumentar a segurança operacional e garantir qualidade e continuidade no abastecimento.

Precisa ajuda para criar um cronograma de manutenção ou para monitorar seu sistema de abastecimento? Fale conosco! Será um prazer atendê-lo e ajudá-lo a ter um abastecimento seguro e de qualidade.

327 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
WhatsApp