Buscar
  • Perfurarte

Manutenção de poço artesiano: como e quando fazer

Atualizado: há 7 dias

Poços artesianos precisam passar por manutenções periódicas para garantir que tudo vai bem. Conheça os dois principais tipos de manutenção de poço artesiano, e quando realizar cada um deles


Degradação de poços artesianos sem manutenção

Poços artesianos bem construídos são somente o primeiro passo para um abastecimento de água de sucesso. Poços bem mantidos são a chave para esse sucesso.


Quando falamos de captação de água, seja do lençol freático ou de um aquífero, estamos falando de toda uma gama de materiais em ação, desde o conjunto de bombeamento até a tubulação e o quadro elétrico.


Esses materiais precisam ser checados periodicamente, para garantir que tudo vai bem. Além disso, é importante ficar de olho em coisas como a vazão da água, e realizar análises regulares para se certificar de sua qualidade.


Abaixo, entenda quais são os dois principais tipos de manutenção de poço artesiano, e quando realizar cada um deles.


Manutenção preventiva


Essa é a mais importante – antes mesmo de ter qualquer problema, você deve manter seu poço em um estado excelente.


A manutenção preventiva é uma ação programada. A frequência desse programa varia de acordo com as características de cada poço.


Poços mais antigos precisam de manutenção constante, por exemplo, a cada seis meses. Já poços mais novos podem ser checados uma vez por ano, ou a cada ano e meio.


O tipo de solo onde ocorre a captação de água também afeta na frequência da manutenção. Poços perfurados em solo sedimentar, por exemplo, normalmente exigem a instalação de filtros e podem precisar de manutenção mais frequente.


Como fazer a manutenção preventiva


Idealmente, a cada ano, você deve pedir para uma equipe competente (pode ser uma empresa de perfuração ou uma empresa de manutenção de poços artesianos) realizar uma limpeza do poço.


A limpeza é essencial porque retira quaisquer sujeiras ou sedimentos que podem obstruir o poço, garantindo seu bom funcionamento. Além disso, ela colabora muito para a qualidade da água, pois a desinfecção é uma de suas etapas.


Durante essa limpeza, os materiais do poço são monitorados e checados, como o conjunto de bombeamento, quadros elétricos, revestimento, tubulação etc.


Qualquer irregularidade encontrada pode ser corrigida, antes mesmo de dar problema. Ou seja, você não precisa esperar o poço parar de funcionar para consertá-lo.


Manutenção corretiva


Esse tipo de manutenção ocorre quando um problema é detectado, e exige atenção imediata de uma equipe.


Alguns sinais podem indicar que algo não vai bem com o poço, como queda da vazão, água suja ou com presença de materiais sólidos, água com cheiro forte, cor ou sabor etc.


Por exemplo, se de repente está saindo pouca água do poço, o problema pode ser no conjunto de bombeamento. Nem sempre você precisará substitui-lo. Às vezes, a troca de algum componente elétrico pode resolver a questão.


Somente profissionais experientes são capazes de identificar rapidamente o problema e realizar em seguida uma limpeza ou uma troca de materiais, conforme a necessidade.

Tem mais dúvidas? Fale conosco! Será um prazer atendê-lo!

LEIA TAMBÉM:

56 visualizações

Endereços

Sede Pouso Alegre: Rua Cel. Brito Filho, 1930/15B. Fátima I. Pouso Alegre/MG

(35) 99722-4138

São Paulo/SP: Avenida Juscelino Kubitschek, 1455. 4º andar. Vila Olímpia

(11) 96369-2837

Telefones:

0800-591-1812

E-mail

contato@perfurarte.com.br

Perfurarte • 2020