Buscar
  • Perfurarte

Por que água de poço artesiano é muito melhor do que água de abastecimento público

Atualizado: Fev 19

Ter um poço artesiano não significa apenas ter um abastecimento contínuo de água, ou uma economia na conta – significa também ter uma água de qualidade muito superior


Água jorrando de um poço artesiano

Não sofrer com falta de água, é, sem dúvida, uma das maiores vantagens de se ter um poço artesiano.


Outro grande benefício muito menos conhecido, no entanto, se refere à qualidade dessa água.


No geral, a qualidade da água de poços artesianos é superior à de concessionárias de abastecimento públicas.


Entenda quais são as principais diferenças e saiba como ter água de qualidade:


A qualidade da água tem a ver com a sua captação


O primeiro passo para entendermos por que a água de poços artesianos tem qualidade superior é conhecer de onde ela vem.


Segundo a ANA (Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico), apenas cerca de 1% da água doce mundial está presente nos rios e lagos. Do restante, cerca de 30% está em reservatórios subterrâneos, e 69% em geleiras.


O abastecimento público capta a água superficial de rios e lagos, mantida por um ciclo que garante sua reciclagem através das chuvas. Essa água é tratada e distribuída para a população.


Já os poços artesianos profundos captam água das reservas subterrâneas, de volume muito superior – e qualidade também.


Água superficial x água subterrânea


Infelizmente, as águas superficiais correm um risco muito grande de contaminação por atividades humanas, como atividades petroquímicas, lixões ou aterros mal geridos, esgoto, resíduos industriais etc.


É claro que as concessionárias tratam essa água antes de distribui-la, mas é difícil garantir a mesma qualidade por toda a extensão da distribuição.


Além disso, a exploração excessiva dos rios e lagos faz com que o mesmo volume consumido por uma cidade seja muitas vezes usado novamente sem que o tratamento convencional seja suficiente para remover todos os contaminantes.


O último relatório de Conjuntura Hídrica da ANA indica que a proporção de corpos hídricos com boa qualidade de água no Brasil em 2015 era de apenas 69,3%.


Já a água subterrânea possui uma série de condições que as tornam muito mais segura. Por exemplo, as propriedades hidrogeológicas do solo e das rochas fazem um trabalho de filtração natural, que remove contaminantes possivelmente presentes.


Por conta disso, a água subterrânea de grandes profundidades costuma ser livre de riscos biológicos (como bactérias, vírus e protozoários) e de contaminantes químicos, e raramente precisa ser tratada, uma vez que normalmente atende os padrões de qualidade exigidos pelo Ministério da Saúde.


A água de poços artesianos pode ser rica em minerais


Há mais um fator que contribui para a maior qualidade da água de poços artesianos profundos, quando comparada à água superficial tratada pelas concessionárias: a presença de minerais.


Já explicamos que a água de poços artesianos é geralmente potável, ou seja, adequada para consumo humano.


Isso não significa que ela seja mineral – a água mineral, seja natural ou artificial, é enriquecida com sais minerais como magnésio, cálcio e potássio, além de possuir baixo teor de sódio e pH ideal para o bom funcionamento do organismo.


Ao perfurar um poço artesiano, existe uma possibilidade de se encontrar água mineral.


Mesmo que isso não aconteça, no entanto – mesmo que a água não tenha as características exatas para ser considerada mineral -, você ainda pode encontrar uma água enriquecida por minerais, com qualidades físico-químicas certamente superiores à água da torneira que vem da concessionária.


Confirmando a potabilidade e a qualidade da água


É muito importante realizar uma análise da água antes de usá-la ou consumi-la.


Ainda que a qualidade da água de poços artesianos costume ser excelente, é necessário confirmar suas características e verificar se, de fato, ela é segura para consumo a longo prazo.


Se ocorrer qualquer problema, como excesso de algum mineral, por exemplo, o uso de um filtro pode corrigi-lo, ou outras medidas podem ser tomadas.


Como ter um poço artesiano com água de qualidade?


O primeiro passo é contratar uma empresa especializada para construir um poço artesiano dentro da legislação, com segurança e sustentabilidade.


Um bom projeto e uma obra de perfuração adequada irão garantir que águas superficiais não contaminem seu poço, por exemplo.


Tem interesse em ter um poço artesiano de qualidade? Fale conosco! Será um prazer atendê-lo 😊

LEIA TAMBÉM: Poço artesiano é sustentável?

4,090 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
WhatsApp